Translate

SEJA BEM VINDOS VISITANTES

contadores de visitas

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Resistindo aos vícios

Resistindo aos vícios


Gênesis 1.28
-Introdução: Vencer um vício às vezes parece tão difícil quanto parar um trem. A pessoa se sente fraca diante da grandeza de uma ‘locomotiva’ de ansiedades que a dominam. Isso mesmo, sente-se dominada pela prática viciosa tão pesada quanto uma enorme carga que descarrila sobre si.
A Bíblia diz que quando o ser humano foi criado, “Deus os abençoou e lhes disse: Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todo animal que rasteja pela terra” ou seja, o ser humano não foi criado para ser dominado e sim para dominar. Isso significa que tem capacidade para controlar o ambiente ao seu redor bem como sua própria existência.


Se formos enumerar os tipos de vícios existentes hoje em dia veremos que há uma grande variedade de coisas desde as mais inofensivas até às ilícitas como o vício em trabalho, dinheiro, televisão, futebol, chocolate, refrigerante, jogos como cartas ou videogame, internet, sexo, pornografia, álcool, cigarro, drogas, etc.
Para começar um vício basta uma primeira experiência que se torna algo repetitivo até se tornar incontrolável. Já para deixar o vício é preciso ajuda com muita força de vontade.
Como resistir ao vício?
Vamos aprender algumas estratégias para vencer os vícios:
1- Desejo de ser livreGálatas 5.13   “Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade; porém não useis da liberdade para dar ocasião à carne; sede, antes, servos uns dos outros, pelo amor”
O primeiro passo para se levantar é reconhecer que caiu e querer ser erguido aceitando ajuda para isso.
A carne é fraca (Marcos 14.38), por isso precisamos tomar todo cuidado com ela para não nos enfraquecer mais ainda. O vício começa como uma primeira experiência e depois se torna algo que ocupa seu tempo, gasta seu dinheiro e limita seus relacionamentos e condição física. Ou seja, tira sua liberdade e a liberdade das pessoas ao seu redor.
Você seria capaz, por amor a sua vida e família, de deixar o vício?
Jesus Cristo quer que você seja livre!
                              
2- Buscar prazer em DeusSalmos 1.1,2   “Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores, antes, o seu prazer está na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite”
Uma alternativa possível é substituir o vício por outra coisa que não seja prejudicial, como um esporte por exemplo.
O vício proporciona prazer. Para suprir isso é necessário procurar um ambiente de alegria na presença do Senhor. Isso satisfaz a vida plenamente não deixando carências. Nunca diga que deixou o vício por que sua religião proíbe e sim que você está satisfeito com Jesus a Água da Vida que te sacia para sempre (João 4.11).
Você já sentiu prazer na presença de Deus?
O Espírito Santo te encherá de uma alegria que não sentirá falta de nada!

3- Não negociar com o pecadoRomanos 6.13,14 “nem ofereçais cada um os membros do seu corpo ao pecado, como instrumentos de iniqüidade; mas oferecei-vos a Deus, como ressurretos dentre os mortos, e os vossos membros, a Deus, como instrumentos de justiça. Porque o pecado não terá domínio sobre vós; pois não estais debaixo da lei, e sim da graça”.
A determinação em vencer o vício deve ser firme e inegociável.
Todas as pessoas que sofrem com vícios, dizem que têm autocontrole de quanto podem fazer, mas não é isso que acontece na prática. Sempre tem um dia que o vício supera as forças da pessoa. Por isso, precisamos ser radicais contra o pecado para não sermos vencidos por ele. É como estar à beira de um abismo (Salmos 42.7). O lugar mais seguro é bem longe dele.
Você está disposto a lutar contra os desejos da carne?
Pela Graça de Deus somos fortalecidos para resistir os vícios!

Você pode vencer o vício!
-CONCLUSÃOI Coríntios 6.12 “Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas”
Você não nasceu com vício e não deve morrer por causa disso. Tudo que tenta te dominar pode se tornar algo vicioso. Tome muito cuidado com práticas que podem se tornar algo incontrolável.
Se você já tem um vício, lembre-se que é importante desejar ser livre até que a vontade de sair seja maior que o próprio vício. Procure encontrar prazer em Deus de maneira que a alegria espiritual seja compensatória das carências que o vício tanta satisfazer de maneira ilusória. Seja determinado a vencer o pecado, não negociando ou protelando a decisão para depois.
Gostaria de ser liberto de um vício?
Jesus Cristo pode e quer te libertar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário