Translate

SEJA BEM VINDOS VISITANTES

contadores de visitas

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Kairós


“Mas, quando chegou a plenitude do tempo, Deus
enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido debaixo da
lei, a fim de redimir os que estavam sob a lei, para que
recebêssemos a adoção de filhos”(Gl 4,4,5).


O termo "Plenitude dos tempos" entre os estudiosos no assunto tem sido motivo de discordância no que diz respeito ao "conceito" acadêmico do que Paulo quis dizer quando usou esse termo. Discutir isso, seria o mesmo que discutir a respeito do meu time de futebol.
Deus em seu conhecimento pleno de todas as coisas(uniciência), detem o controle absoluto da história, sem entretanto usar de artifícios que controlem o livre arbítrio do homem. Em Gênesis 3: 15, inicíacia-se de forma cronológica uma contagem regressiva de Deus em direção ao tempo chamado "Plenitude dos tempos"; o que chamo de Kairós(kairoj -Grego).

Deus trabalha de forma dinâmica, porém precisa. Temos de lembrar de duas coisas muito importantes:

1 - Ele é Deus, age como Deus, pensa como Deus e é ilimitado.
2 - Nós somos humanos, agimos como humanos, pensamos de forma humana, e estamos limitados (ainda) a esse corpo físico.

Logo então, Deus tem dois mecanismos para trabalhar na hitória: O temporal (chronos) e o atemporal (kairós).

Mas oque é isso?
* Chronos. É o tempo que conhecemos que é marcado pelo nosso relógio, calendário. Onde temos segundos, minutos, horas, dias, semanas, meses, anos. Este "tempo" que nos limita, que determina a minha e sua idade. Se vamos chegar cedo ou atrasado em nossos compromissos, em outras palavras, esse é o tempo humano.

* Kairós. É o tempo de Deus. Vale lembrar que o tempo de Deus se chama HOJE, ou seja o kairós sempre foi, é e será hoje, agora! dentro de kairós não existe ontem e nem amanhã. "Pois para Deus mil anos é com um dia, e um dia como mil anos" II Pedro 3: 8.

Vamos analizar mais profundamente esses dois aspéctos dentro de textos bíblicos e no contexto histórico.

Inicialmente tomaremos por base o contexto histórico.

Jesus nasceu e morreu a mais de dois mil anos atrás certo ou errado?
Aí está o ponto onde estaremos entendendo a diferença do tempo de Deus para o tempo dos homens.
Se consideramos chronos, a respósta a esse pergunta seria "certo", pois no espaço tempo Ele morreu a mais de dois anos atrás. Pois esse é o tempo que vivemos, nos movemos; que nos limita. Entretanto se considerarmos o Kairós podemos afirmar com certeza que Jesus morreu hoje, agora, no exato momento que se está lendo essa matéria. Não fique chocado com esse entendimento! Pois é examente assim que as coisas são dentro de Kairós.

A história da humanidade foi e está sendo construida dentro de chronos. Quando Ester entra em cena para preservar a descendência do povo Judeu, Ciro entra na história sendo chamado de "Meu servo", para libertar o povo da escravidão, quando Alexandre "O grande"surge no cenário como um grande conquistar espalhando por todo mundo antigo uma língua única(para que quando o evalgelho chegasse, tivesse uma aceitação geral), em fim, em toda a história, Deus conduziu, apontou para que ao nascer Jesus, tudo estivesse preparado para esse momento.

A sabedoria de Deus é tremenda! Ele teve de trabalhar dentro dos dois "tempos" de maneira simultânia de forma que o Seu agir não interferisse na vondade e liberdade do homem.

A "plenitude dos tempos" não se deu no exato momento em que Jeusu nasceu como muitos acreditam. Ele se deu no momento do batismo de Jesus."Este é meu filho amado em que tenho prazer" Mateus 3: 17. A trintade está reunida de forma explicita no contexto desse texto confirmando a importância soleme do momento. Em toda a bíblia, desde o AT, a trindade trabalha no kairós, porém são poucas as vezes em que ela se manifesta em chronos. Na criação do homem(Gn 1: 26), na torre de Babel(Gn 11: 7), no batismo de Jesus(Mt 3: 17). Já em kairós a atuação da trindade acontece o tempo todo. Temos um exemplo bem claro disso no livro de Ap 4: 8. O tempo de chronos(tempo do homem), ele está dentro de kairós(tempo de Deus) e não o inverso.


Toda a história dos povos, desde as mais remotas civilizações, foram trabalhadas por Deus para a chegada do Verbo divino - Jesus.

Os dois "tempos" estão totalmente debaixo do controle absoluto do Pai.